segunda-feira, 17 de maio de 2010

Palavras do Santo Padre [3]

Deixarei aqui uma singela citação, e assim encerrarei este ciclo de três posts, da homilia (que quer dizer "conversa familiar", e assenta muito bem nesta visita de Bento XVI a "terras de S. Maria", pois tivemos aqui conosco um verdadeiro pai na fé, ministério do sucessor de Pedro) proferida na missa de 13 de Maio:

Sim! O Senhor, a nossa grande esperança, está connosco; no seu amor misericordioso, oferece um futuro ao seu povo: um futuro de comunhão consigo.

Esta é a mensagem fulcral, e foi isto que o Santo Padre nos disse o tempo todo da sua visita, e é isto que ele tem dito incessantemente desde o início do seu pontificado.

E agora é tempo de rever todas as suas palavras proferidas neste dias. Engraçado como o Senhor nos dá estas graças: depois de João Paulo II, que mesmo na sua fraqueza era todo acção, quis o Senhor dar-nos um Papa que é, acima de tudo, intelecto e razão...

terça-feira, 20 de abril de 2010

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Sair da casca

Ali o Ricardo Pais Mamede coloca a eterna questão do ovo e da galinha. Se "a Comissão Europeia vai criticando alegremente os programas de estabilidade e crescimento dos vários países por não serem suficientemente austeros" e, ao mesmo tempo, nos encontramos "[n]um espaço económico relativamente fechado, em que a esmagadora maioria das trocas comerciais se fazem entre os países membros", pois realmente é difícil "ver de onde poderá vir a procura promotora do crescimento e do emprego".
Sempre fomos um país pequeno e periférico, e essa sina será sempre a nossa, mas a História reservou-nos feitos que ainda hoje, mergulhados na maré de desgostos e assombrações, nos fazem pensar que podemos almejar mais, muito mais.
Urge, talvez mais do que nunca, redescobrir a vocação atlântica que nos é própria; é porventura o último sinal da nossa independência.

terça-feira, 30 de março de 2010

O Presidente

Jorge Nuno Pinto da Costa, hoje na Grande Entrevista com a Judite de Sousa, esteve magistral. Ninguém poderá ficar indiferente a um homem que todos julgavam estar em fim de ciclo, eu incluído. Saúdo a sua declaração de se recandidatar a um novo mandato: mostrará que ele é O Presidente. E mais nada.

Notícia verdadeiramente importante para os tempos que se avizinham, agora que o FC Porto só nos pode alegrar com a Taça de Portugal